” Que sejam os pobres, necessitados e fracos a reconhecerem a sua virtude, pois, só os sinceros que são constantes na bondade com eles.”