História Diária (11)

{Abú Bakr (رضي الله عنه)}

Alguns acontecimentos marcantes da sua vida

O dia em que o profeta morreu

Quando o Profeta (ﷺ) faleceu, muitas pessoas, entre as quais Umar bin Khattab (رضي الله عنه), se recusaram a acreditar que ele havia falecido.

Mas Abu Bakr (رضي الله عنه), firme como de costume, dirigiu-se à multidão perplexa e os convenceu de que Muhammad (ﷺ) não existia mais e não havia razão para que eles não reconhecessem sua morte.

É relatado por Ibn Abbas (رضي الله عنه) que quando o Profeta (ﷺ) faleceu, Abu Bakr Siddiq (رضي الله عنه) saiu enquanto Umar (رضي الله عنه) estava falando ao público.

Abu Bakr (رضي الله عنه) disse a ele: *Sente-se ó Umar, duas vezes, mas Umar (رضي الله عنه) se recusou a sentar.

Abu Bakr (رضي الله عنه) disse:

Continuando, se alguém dentre vocês adorava a Muhammad (ﷺ) então saibam que Muhammad está morto, mas se adorava a Allah, então saibam que Allah está vivo e nunca morrerá.

(Então Abu Bakr(رضي الله عنه) recitou o seguinte versículo do Qur’án):

Muhammad não é senão um Mensageiro, a quem outros mensageiros precederam. Porventura, se morresse ou fosse morto, voltaríeis à incredulidade? Mas quem voltar a ela em nada prejudicará ALLAH; e ALLAH recompensará os agradecidos.
(Surat Al-Imran: 144)

Ibn Abbas (رضي الله عنه) disse:

Por Allah, era como se as pessoas nunca soubessem que Allah havia revelado esse versículo antes, até que Abu Bakr (رضي الله عنه) o recitou e todas as pessoas o tiraram dele, e eu ouvi todos recitando.
Umar bin Khattab (R.A.) disse:

Minhas pernas não conseguiam me sustentar e eu caí no exato momento em que o ouvi a recitar este versículo declarando que o Profeta (ﷺ) havia falecido.
(Bukhari)